Acupuntura

Acupuntura: Medicina tradicional chinesa

“Acupuntura é um tratamento milenar que busca a promoção da saúde e bem-estar através da inserção de finíssimas agulhas especiais (esterilizadas, descartáveis, de uso único) em determinadas regiões do corpo (sem usar remédios). Também a tratamentos sem agulhas (calor, pressão, sementes). A eficácia da Acupuntura é reconhecida pelo Ministério da Saúde do Brasil (Portaria 971/06) pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e por vários Conselhos Federais da área da Saúde.” A acupuntura libera opiódes que são substâncias análogas à morfina, pois compartilham os mesmos receptores do Sistema Nervoso Central e produzem respostas semelhantes. Os opióides funcionam como neurotransmissores e estão relacionados com o humor, o estresse, o controle da dor, a memória e o aprendizado. Os mais importantes são a beta endorfina, metencefalina, dimorfina. As agulhas, pouco mais espessas que um fio de cabelo, conseguem penetrar até sete centímetros na pele, alcançando músculos e tendões contraídos que, de outra forma, demorariam meses para serem tratados. A acupuntura diminui a necessidade do uso de medicamentos.

A história da acupuntura se confunde com a história da medicina na China. Seus primórdios remontam à pré-história chinesa. A linguagem escrita milenar permitiu a continuidade do conhecimento. Posteriormente, outros países orientais contribuíram para o desenvolvimento de novas técnicas de acupuntura. As notícias sobre acupuntura no ocidente chegaram com os primeiros exploradores europeus que visitaram o império Chinês ainda na idade média. Entre estes, são comuns as referências a Marco Polo (1254 – 1324) mercador, embaixador e explorador italiano, aos Monges Jesuítas do século XVI e a Andreas Cleyer (1634 - 1698), botânico, médico e orientalista da Companhia Holandesa das índias Ocidentais.

A acupuntura chegou ao Brasil em 1908 pelas mãos dos imigrantes japoneses, todavia permaneceu em âmbito familiar e local (nas colônias japonesas) até meados da década de 80, quando ainda era foco de preconceito, apontada ao lado de casos de charlatanismo e esoterismo.

Sensei Eduardo é formado em acupuntura pela escola CBES desde 2010 e atende atualmente na estética Lisa Beuty em Nova Petrópolis.